imagem

Todos sabem que não possuo qualquer admiração pelos políticos de Petrolina, principalmente aqueles que pertencem à família Coelho e isto simplesmente pelo fato de que só pensam sua cidade e esquecem que as demais, inclusive o nosso curral eleitoral igualmente merece prosperar, com o recebimento de industrias, projetos de irrigação, faculdades e outros investimentos que seria de suma importância para o nosso município, o qual a meio séculos vem votando religiosamente neles sem haja algo de concreto em troca.

Buscando, porém ser justo, digo também que os admiro por pensarem justamente a terra que investem, com projetos e ideias importantes e que por isso Petrolina segue de vento em popa, cresce assustadoramente, enquanto nós capengamos, com uma população que regride a cada ano em vista do alto êxodo que vivenciamos, mesmo possuindo riquezas naturais como lá, terra e água com abundância.

Semana passada, por exemplo, o senador eleito Fernando Bezerra e o filho Miguel Coelho, também eleito deputado estadual, estiveram na Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais (Facape), de Petrolina, onde se reuniram com o diretor-presidente da autarquia, Professor Rinaldo Remígio e demais dirigentes da instituição justamente para tratarem de assuntos como o aumento na oferta de bolsas do Proupe, gratuidade da faculdade e projetos de melhorias na infraestrutura da instituição. Antes deles, porem passaram por lá os deputados federais Gonzaga Patriota e Fernando Filho, o deputado estadual eleito, Lucas Ramos e Odacir Amorim, como também o conselheiro do Tribunal de Contas, Ranilsom Ramos, que ali foi com o fim de celebrar parceria para oferta de cursos de capacitação através da Escola de Contas Públicas Professor Barreto Guimarães (ECPBG). Sem dúvida que é impressionante a atenção que todos dedicam a Facape, que alias é uma autarquia semelhante ao nosso Cesvasf.

Em nosso município acontece o contrário, o senador e os deputados pouco aparecem, e quando isto acontece, ao contrario do período eleitoral visitam apenas as casas dos políticos que os apoiou, sem a presença do povo, mas com comes e bebes a vontade e com isso se quer de longe enxergam a realidade da nossa instituição de ensino.

O Cesvasf está ai, é uma instituição dirigida desde o seu inicio por uma só família, Lustosa, Lustosa, Lustosa, Lustosa, que é a mesma que comanda controla a educação particular. Em Petrolina quem dirige a Facape não é nenhum Coelho, Patriota, Lóssio, Cavalcante, Ramos, mas um cidadão de nome sulista, Rinaldo Remígio, que pelos alunos, professores e servidores foi reeleito para o cargo com 81,47 % dos votos válidos. Aqui apenas meia dúzia de escolhidos a dedo participa do processo eleitoral para escolha do seu dirigente maior, que nem precisava, todos antecipadamente sabem quem deve dirigir nossa autarquia de ensino, e que assim procedem sem o menor cuidado, a exceção, porém do TCE que tem sido implacável com seus dirigentes.

Pois bem, em que pese serem idênticas e com a mesma função educacional e social, a Autarquia de Petrolina possui atualmente 10 cursos de graduação: Administração, Ciências Contábeis, Economia, Comércio Exterior, Direito, Secretariado, Turismo, Ciência da Computação, Serviço Social e Gestão da Tecnologia da Informação (Tecnólogo Superior com dois anos e meio de duração), os dois últimos, implantados em 2013.

Aqui não, só possuímos 05 e somente agora é que se fala em mais dois, pois a prefeitura ao invés de investir maciçamente apenas no que é seu, e consequentemente no que é do povo, prefere a concorrência da iniciativa privada, que como tal se propõe desde o ano passado em trazer para o município o curso de Psicologia, que por certo deve ter uma demanda futura muito grande na área de abrangência das nossas faculdades, afinal de conta com os políticos temos, quem sabe não precisaremos destes profissionais num breve espaço de tempo, principalmente aqueles que trabalham, mas que não conseguem receber seus salários a cada mês. Dia destes tivemos um exemplo desta magnitude. ​

È preciso, portanto que seja dado um basta à inércia que sofre nossa primogênita faculdade, sendo, pois indispensável que surja alguém, ou que os vereadores modifiquem o processo eleitoral da instituição, o que certamente não vai acontecer com os que estão ai, para que possibilite que novas ideias pense melhor a escola, que pense Belém, e como resultado disto que tragam novos cursos para oferecer a sociedade estudantil da região, o que fortaleceria a autarquia e o município, o que pode ser o caso do curso de Administração de Empresa que poderia muito bem abarcar novos estudantes, empresários, comerciantes, produtores rurais, donos bares, hotéis, restaurantes e outros que ávidos estão para aprenderem como se gerencia uma empresa, bem como cursos outros importantes, como de operação e concertos de maquinários agrícolas, como é o caso da engenharia agrícola, já que somos do meio rural.

Mas como Belém é Belém, certos fiquem que nada disto vai acontecer e a faculdade sem razões explicáveis vai continuar aos trancos e barrancos, sem atenção por parte de quem deveria, sem possibilitar os aumentos salariais dos professores desde 2009, com os salários de alguns que se transfere para outros ao se aposentar como se fosse herança, com uma previdência social completamente estrangulada, mas que dos vinte e cinco melhores salários que a instituição paga metade deles vão para os primos legítimos e irmãos de quem preside a mesma. É muito amor a causa,  mas a causa particular.

Escrito por Tadeu Sá.

Após diversos contatos mantidos em Brasília, quando lá esteve pessoalmente, levou o prefeito o prefeito Gustavo Caribé a informar aos seus munícipes a alocação de importantes recursos para o município. Entre eles, a pavimentação de várias ruas da cidade, além da construção do ginásio poliesportivo do distrito do Ibó, obra segundo o prefeito sonhada pela população do distrito.

A juventude pedia e graças ao empenho do deputado federal Fernando Filho, teremos a felicidade de concretizar este sonho. Está obra irá garantir não só uma melhoria na prática esportiva dos nossos jovens, como também, propiciar um local onde a população possa realizar festas e eventos”, disse o prefeito.

Na mesma ocasião o prefeito informou também que através do senador Armando Monteiro, conseguiu assegurar recursos, no total de R$ 350mil, para a construção de postos de saúde e a aquisição de equipamentos para as unidades existentes.

Ainda como resultado da sua viagem, o prefeito informou que participou de uma reunião no FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) e Ministério da Integração e lá conseguiu verba para a construção no interior do município de uma Escola com 6 salas de aula. A obra será edificada na Fazenda Taiano e custará quando pronta R$ 952.335,68, beneficiando com isso os alunos da zona rural. Segundo o prefeito, aguarda ele a aprovação de mais duas grandes escolas com 12 salas de aulas e quadra poliesportiva, que deverá sere implantada na cidade de Belém do São Francisco.

VISITA A ZONA RURAL

Ao retornar a Belém, já no sábado passado o prefeito visitou o interior do município, mais precisamente a região da Fazenda Quixaba do Cosme, propriedades de Chico Liana e Dário, onde fora ver de perto o resultado das chuvas que caíram recentemente, na ocasião disse ele ter ficado satisfeito com o que viu: “Vimos açudes com bastante água armazenada, o que irá proporcionar ao homem da caatinga investir no seu plantio, além de poder “matar” a sede do rebanho por um longo tempo”.

EMENDA DE ADVERSARIO

Já esta semana o prefeito Gustavo Caribé (PSB), informou que solicitou por meio do ofício, a alocação de recursos para a área da educação, através de emenda parlamentar do deputado federal Gonzaga Patriota.

Segundo o prefeito trata-se de verba no valor de R$ 300 mil, que será destinado para os serviços de reforma e ampliação da Escola Municipal Celestino Nunes, localizada no distrito de Riacho Pequeno.

Escrito por Tadeu Sá.

Estudante de Direito Erick Cruz barbaramente assassinado em uma das ruas de Belém.

Estudante de Direito Erick Cruz barbaramente assassinado em uma das ruas de Belém.

Por enquanto esta definido para amanhã, às 9 horas manhã, no Fórum local, a realização do Júri popular que julgará os responsáveis pelo assassinato do jovem estudante de Direito, “Erick Cruz”, de 18 anos, fato acontecido nesta cidade de Belém  do São Francisco no dia 28 de março de 2012. Na ocasião os autores do crime estavam encapuzados e em via pública colocou a vítima ERICK a força dentro do automóvel que seguiam, sendo que logo depois dois dos indivíduos saíram do carro junto com a vítima e passou a deflagrar diversos disparos de arma de fogo contra a mesma, o que infelizmente redundou no óbito do universitário. O crime consternou toda sociedade belemita, inclusive uma multidão compareceu aos funerais.

FASE POLICIAL

Presos e levados à delegacia de policia para serem autuados em flagrante delito, resolveu o acusado Ardel Lopes Freire da Silva, “Jardel de Teco”, por confessar sua participação na empreitada criminosa, ocasião em que delatou os demais acusados, inclusive narrando como tudo aconteceu. O policial Ranieri declarou-se inocente, ao passo que seu irmão Rinaldo preferiu manter-se em silencio.

FASE JUDICIAL

Interrogados em juízo o acusado Jardel, embora admitindo que estivesse conduzindo o veículo utilizado na ação criminosa, negou a existência de comunhão de desígnios e consequentemente negou que tenha participação do fato criminoso, ou seja, afirmou que desconhecia a intenção homicida dos demais acusados, como também negou que o acusado Ranieri estivesse no momento do crime. Ranieri por sua vez declarou que não participou do fato criminoso, pois momento antes teria sido deixado pelos dois acusados em determinado local, de onde seguiria para Orocó e que segundo ele não há nos autos provas de que tenha participado da conduta delituosa.

CONFISSÃO

Ao contrário dos demais acusados, Rinaldo Leite, que ficara em silencio quando do flagrante resolveu por confessar sua responsabilidade sobre o ocorrido, no entanto isentou de culpa o irmão Ranieri, ao passo que sobre Jardel disse que este não teria envolvimento. Rinaldo alegou porem que agira motivado por violenta emoção.

PRONUNCIA

Mesmo diante das versões apresentadas pelos acusados estas não convenceram a Magistrada Elane Brandão das suas inocências, nem com a argumentação de Rinaldo, pois segundo a juíza as negativas apresentadas não foram o bastante para afastar o julgamento dos acusados pelo Tribunal Popular, razão pela qual os pronunciou.

CONTRADIÇÃO

Segundo a Magistrada há nos autos indícios suficientes de autoria, pois o acusado Jardel Lopes, quando inquirido na fase inquisitorial, na presença do seu advogado, confessou ter praticado o crime em coautoria com os demais réus, no que desconsiderou, pois a juíza processante o argumento do mesmo de que a confissão ocorrida naquela esfera extrajudicial se deu em decorrência do mesmo ter sofrido agressões de ordem física e mental perpetradas por policiais, inclusive, para apontar o denunciado Ranieri como um dos coautores.

Ao decidir pela pronuncia com o encaminhamento dos acusados a julgamento popular, a juíza foi incisiva e disse: “À vista” da conclusão médica exarada no laudo traumatológico, este constante dos autos, não descreve a presença de qualquer sinal de violência, de forma que a versão deste acusado na esfera policial “ganha valiosa relevância” e que por isso resolvia encaminhá-los a julgamento popular, o que de fato deve acontecer no dia de amanhã.

Escrito por Tadeu Sá.

A Segunda Câmara do TCE julgou irregular na semana passada o objeto de uma auditoria especial realizada no município de Cedro para análise de pagamentos indevidos a viúvas de ex-prefeitos. O processo teve como relator o auditor substituto, Ricardo Rios e alcançou os exercícios de 2011 e 2012.

Segundo o relatório de auditoria, foi constatado o pagamento de pensões especiais, sem lastro legal, às viúvas, Maria Auxiliadora dos Anjos, Maria Ilza Leite Cavalcanti e Maria Luiza Soares Leite. Notificado para apresentação de defesa, o prefeito Josenildo Leite alegou quanto ao pagamento que apenas deu cumprimento a uma decisão da Câmara Municipal.

Em seu voto, todavia, Ricardo Rios acolheu o opinativo da auditoria quanto à irregularidade do pagamento, que foi realizado às três viúvas. Segundo ele, a jurisprudência do TCE é clara em relação a essa matéria, como se trata de “beneficio previdenciário” as interessadas só fariam jus a esse direito se tivessem contribuído para um fundo municipal.

Só excepcionalmente, disse ele, o TCE reconhece a legitimidade e a legalidade da “pensão especial” quando ela é concedida “honoris causa”. Por esse motivo, aplicou uma multa no valor de R$ 10 mil ao prefeito e determinou que o município suspendesse imediatamente o pagamento das pensões, sob pena de aplicação de nova multa. O voto foi aprovado à unanimidade com parecer favorável do procurador do Ministério Público de Contas, Gilmar Severino de Lima.

BELÉM

Em Belém existem algumas viúvas de ex-prefeito e ex-vereadores que também recebem aposentarias semelhante a estas e pelo que se ver da decisão acima, pode esta produzir efeitos em Belém do São Francisco, bem como em outros municípios do Estado.

Escrito por Tadeu Sá.

imagem

Uma comissão formada pelos vereadores Murilo Almeida, Ézio Feitosa, Beto Sousa e o secretário de agricultura de Floresta, José Vilarim, empreenderam visita a Barragem do Juá, em Floresta, e segundo informam se depararam com uma situação caótica e desesperadora, com o assoreamento e a falta de cuidado com o talude da barragem, que segundo dizem, é coisa impressionante.

Na mesma ocasião os vereadores verificaram que a comporta encontra-se totalmente comprometida devido a mais de trinta anos sem manutenção adequada, bem como sua tubulação em alto estágio de corrosão, fatores que poderão levar ao comprometimento da parede do açude, inclusive com enormes possibilidades de causar grandes prejuízos, principalmente a comunidade dos “navieiros”, como são chamados aqueles que residem à margem do Riacho do Navio.

“É sabido que a responsabilidade pela manutenção e conserto de toda estrutura do açude de Barra do juá é de inteira responsabilidade do MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO através do DNOCS, solicitações feitas pela Prefeita, Vereadores e Secretários de Agricultura do município de Floresta foram enviados e reiterados por várias vezes e o DNOCS não atendeu nossas reivindicações!”, disseram os vereadores.

“É importante ressaltar que estamos entrando no período chuvoso, apesar do açude está em colapso, com um volume em torno de 226.440 m³ (data da última leitura: 10/09/2014) que corresponde há 0,32% de sua capacidade que é de 71.474.000 m³, de forma que se faz necessário darmos as mãos, sem qualquer distinção para empunharmos a bandeira do S.O.S BARRA DO JUÁ, para que ao final deste ciclo chuvoso possamos sair esperançosos de ver brotar no Riacho do Navio, o verde da esperança e do desenvolvimento”, diz a nota divulgada pelo vereador Murilo Almeida.

imagem

Henrique apoiou o deputado federal eleito Adalberto Cavalcanti, mas este não deixou claro suas intenções com relação a Belém.

Mesmo faltando dois anos para o pleito de prefeito, o deputado federal eleito Adalberto Cavalcante anuncia-se como candidato a prefeito da cobiçada Petrolina e isto deve acontecer em confronto com os deputados federais Fernando Bezerra Filho, Gonzaga Patriota, bem como contra o senador eleito Bezerra Coelho.

A pretensão de Adalberto Cavalcanti foi anunciada durante entrevista concedida ao blog do Vinicius Santana. Na entrevista ele disse ainda que seu compromisso com Petrolina é muito grande e que vai cumprir da melhor maneira possível. Quero ser um Deputado Federal diferente e isso eu vou mostrar a todos.

Adalberto é natural de Afrânio, mas seu sonho é Petrolina: “Quem não sonha ser prefeito de uma cidade tão maravilhosa e progressista como Petrolina? Quem não sonha isso? Vou trabalhar”, indagava o deputado, que ainda disse: “O povo de Petrolina já me deu um sinal já que foi generoso demais comigo, me fez o seu federal majoritário”.

Neste momento estou pronto para ir para o Congresso Nacional, pronto para novos sonhos e novos voos, meu compromisso agora é com Brasília. Preciso me familiarizar com a Câmara Federal, temos assuntos importantes para discutir como as reformas tão sonhadas que vou travar com os companheiros de partido para ver se saem do papel a Reforma Tributária, a Reforma do Judiciário que precisam avançar e a reforma política que necessita tomar vergonha e sair do papel”, disse o deputado.

Sei que na Câmara Federal tem muitas missões que quero cumprir, mas volto a dizer se o povo de Petrolina me convocar estarei pronto para o desafio. Irei colocar o maior volume das minhas emendas para a prefeitura de Petrolina, se o Prefeito Júlio Lossio não souber aproveitar eu vou a rádio dizer o que fiz. Vou fazer muito bem a minha parte, tenham certeza disso”, complementou o político.

Na ocasião o deputado disse ainda que o povo ajuda a quem trabalha, e que a partir de Janeiro vai voltar com as suas unidades de saúde para atender o povo com médico, dentista e oftalmologista. “Se a gente não ajudar as pessoas que mais precisam não podemos cumprir bem a nossa missão política”. “Palavras bonitas não enche barriga, não sara ferida, agora mesmo já estou vendo como vou poder adquirir um mamógrafo, pois vamos ajudar a saúde. Conheço mulheres de mais de 40 anos que nunca fizeram um exame de mama, quem aguenta isso? O índice de câncer de mama no Brasil é enorme, por isso quero adquirir mais uma unidade móvel com um mamógrafo. Tenho duas filhas médicas, dois genros radiologistas, um filho se formando em medicina e eles podem ajudar muito nos finais de semana atendendo os bairros da periferia e as cidades que ainda necessitam de uma atenção maior”, disse o deputado.

COMPROMISSOS E BELÉM?

Na mesma entrevista o parlamentar afirmou que tem também o compromisso em eleger vários amigos que o ajudou a conquistar o mandato e que por isso vai apoiá-los para prefeito, sendo que na ocasião o deputado listou uma série de cidades, mas não citou Belém: “Tenho compromissos com as cidades onde recebi expressiva votação neste sertão de Pernambuco, como Lagoa Grande, Afrânio, Dormentes, Santa Cruz, Santa Filomena, Parnamirim, Exu, Bodocó, Araripina, Orocó, Cabrobo e muitas outras. Vou fazer a minha parte e vou fazer da melhor maneira possível. Sabendo ser honesto e correto com os princípios do reconhecimento e do trabalho”.

Quanto às cidades mencionadas, que não foi o caso de Belém, razão pela qual não se sabe, mas se sabe que Adalberto foi bastante votado nas cidades mencionadas, em Afrânio ele obteve 7.374 votos, Dormentes: 4.735, Parnamirim: 4.256, Cabrobó: 4.080, Lagoa Grande: 3.806, Araripina: 2.170, Santa Filomena: 2.300, Santa Cruz: 1.545, Araripina 2.170, Exu 1.873, Orocó 1.546, Bodocó 1.506. Em Belém o deputado obteve 985 votos, o que pode ter deixado o deputado insatisfeito.

Se foi por esquecimento o candidato a prefeito a ser apoiado pelo deputado será então Henrique Marcula e com isso a população em breve terá a disposição  os  serviços  médicos que o  deputado promete.

Escrito por Tadeu Sá.

Tercio de Fafá, Rosely da Pesca, Eliete, Ciel Jericó, Bady, Etevaldo Barbosa, Jane de Bento, Rafaela Araújo e Beto de Arnóbio são os vereadores que terão a missão de escolher a nova mesa diretora da Câmara de Chorrochó. (fotos: Blog Barra Fuxico).

Tercio de Fafá, Rosely da Pesca, Eliete, Ciel Jericó, Bady, Etevaldo Barbosa, Jane de Bento, Rafaela Araújo e Beto de Arnóbio são os vereadores que terão a missão de escolher a nova mesa diretora da Câmara de Chorrochó. (fotos: Blog Barra Fuxico).

Estava tudo certo para que a eleição para escolha da mesa diretora da Câmara de Vereadores de Chorrochó, segundo biênio, acontecesse na terça feita, dia 25, mas o que se viu foi o vereador Beto de Arnóbio, amparado no que preceitua o parágrafo 5º do artigo 24, do Regimento Interno, informar a todos sobre a impossibilidade de realizar a eleição, já que o aludido dispositivo assegura que esta somente pode acontecer no dia 1º de janeiro do terceiro ano de cada legislatura. Com o argumento de Beto o presidente suspendeu imediatamente o processo eleitoral em pauta.

Acontece que um ex-vereador do município reservadamente informou ao Blog do Tadeu Sá, que alguns anos antes foi feito uma emenda ao artigo citado e esta peremptoriamente passou a assegurar que a eleição pode sim acontecer antes do dia indicado, mas como ninguém contestou o vereador oposicionista, o senhor presidente achou por bem adiar a eleição para o dia 1º  de Janeiro de 2014 e com isso também adiou-se o sonho daqueles que almejam a presidência da casa legislativa do município.

Estes sonhos dizem respeito ao fato de que à eleição já vinha sendo bastante cozinhada nos bastidores da política local, porquanto o grupo situacionista possuía três pretensos candidatos, mas que o preferido trata-se do vereador Tércio de Fafá que até então estava em disputa com as vereadoras Rafaela Araújo e Jane de Bento, sendo que a primeira que pertence ao grupo do ex-prefeito José Juvenal, antes mesmo da sessão iniciar-se decidiu por retirar a sua candidatura, de forma que doravante seguem no páreo apenas o vereador  Tércio de Fafá e a vereadora Jane de Bento.

Escrito por Tadeu Sá.

Depois de 11 dias em greve resolveram os professores da rede municipal de ensino por retomarem as suas atividades, o que aconteceu após conversa mantida com o prefeito Gustavo Caribé, conversa esta que foi intermédia pela promotora pública, Dra. Sara.

Antes mesmos de decidirem pela greve e desta conversa, os professores estiveram com o secretario de educação, mas naquela ocasião os pleitos se querem foram discutidos, o que não aconteceu agora, já que o prefeito após ouvi-los garantiu que a folha dos professores em sala de aula, algo torno de 60%, serão pagos até o dia dez de cada mês, sendo que na ocasião o prefeito listou uma série de dificuldades para cumprir com as obrigações salariais não só dos professores, mas das demais categorias que fazem parte do quadro de funcionários da prefeitura.
Mesmo tratando-se de uma promessa, já que nada foi para o papel, quem saiu perdendo com o episódio foram os auxiliares de serviços gerais e os professores fora da sala de aula, aqueles que estão nas secretarias escolares e outros, que certamente continuaram a receberem seus salários para quando bem aprouver aos cofres da prefeitura e ao prefeito, o que verdadeiramente trata-se do mais profundo desrespeito para uma classe que embora humilde, é igualmente essencial a atividade escolar.
A conversa entre líderes grevistas e prefeito se deu de forma tranquila, com os dois lados se postando de forma humilde, com um diálogo franco e aberto, mas que na ocasião o prefeito se eximiu quanto aos descontos dos dias parados, deixando o caso a critério do secretario Hélio Roberto, que no outro afirmou que vai promover o desconto na folha salarial de cada um dos grevistas, o que causou revolta imediata, pois alguns logo disseram que não vão cumprir o calendário escolar, ou seja, não vão repor as aulas perdidas, o que prejudicará profundamente os alunos.
Com a decisão, os professores e auxiliares de serviços gerais imediatamente retornaram ao trabalho, o que se deu em desacordo com estes últimos, que mesmo assim prometem fazer greve branca com prestação do serviço de forma precária e lenta até que sejam igualmente tratados como os demais os professores, sendo que um deles revoltado afirmou: “nossas barrigas e as barrigas dos nossos filhos roncam igualmente a dos professores e esta dor só passa com alimentos na mesa de cada um, que como todos sabem tem dia para comprar, dia para pagar e dia para acabar, de forma que não podemos ficar a mercê do desequilíbrio financeiro que há em vista do empreguismo que reina na prefeitura”.
O interessante porem em todo processo da greve, foi que tudo aconteceu em vista da falta de diálogo que vivemos, ninguém foi capaz, ai leia-se o secretario de educação, vereadores e lideres políticos de intermediar muito antes esta conversa, já que tudo foi fruto apenas de um telefonema da promotora para o prefeito, aí tudo foi rapidamente solucionado e a promotoria pública mostra com isso que é mais forte que todo poder legislativo junto com os político que apoiam Gustavo.
Sinceramente não compreendo quantas dificuldades para que se busque o dialogo antes que o fato se estabeleça, e isto justamente acontece na era da telefonia móvel, da internet, dos inúmeros meios de comunicação que existem. É por isso que digo que o povo belemita tem que acordar para enxergar a realidade, é preciso que se acabe urgentemente com esta forma maniqueísta de governar.
Escrito por Tadeu Sá.

Foto: Blog do Didi Galvão.

Esta semana o Blog do Didi Galvão, da cidade de Cabrobó, apresentou matéria enfocando o ex-vice-prefeito e atual vereador Henrique Marcula acerca da sua candidatura a prefeito, sobre a administração municipal da qual seu filho é o vice e a respeito da crise financeira que as prefeituras dizem viver.
Na matéria que até hoje não foi contestada, o vereador que possui cinco mandatos, um deles como vice-prefeito, disse que é integrante da aliança que elegeu o Prefeito Gustavo Caribé (PSB), a quem também dá sustentação e como tal coloca seu nome a disposição do grupo com o intuito de contribuir com o próximo processo eleitoral.
Segundo o Blog do Didi Galvão, Henrique teria dito: “Acredito que tudo só se resolve com dialogo e a busca incessante do entendimento entre as partes, dessa forma, acredito que na hora certa as conversações darão rumo para a escolha do nome de quem será o candidato a Prefeito na sucessão municipal”.
Em relação à administração do Prefeito Gustavo Caribé, pelo que disse o Blog Henrique foi duto e não poupou papas na língua, já que disse “que não tem conhecimento do que de fato está acontecendo, apenas ouviu rumores, o que não serve como parâmetro para uma analise mais aprofundado” e “que mesmo fazendo parte da base do Governo, tendo sido vice-prefeito do próprio Gustavo, mesmo sendo pai do atual Vice Prefeito, nunca foi procurado e pelo que sabe o mesmo acontece com todos os outros colegas de parlamento”.
Sobre a crise financeira, o experiente parlamentar foi enfático ao dizer: “a falta de dialogo dos gestores ainda é o principal problema”.
NOTA DO BLOG DO TADEU SÁ
Dizer Henrique que não tem conhecimento da administração atual não convence ninguém, principalmente quando se sabe que ele é vereador, advogado e que tem a sua disposição o sagrado direito de obter da prefeitura toda e qualquer informação que necessite, basta apenas que protocole pedido junto à câmara ou por intermédio dele próprio através de “Pedidos de Informações”, sendo, pois obrigação do prefeito Gustavo Caribé em lhes repassar tudo quanto for solicitado num prazo máximo de 20 dias, sob pena de que se assim não proceder, que se intente com Mandato de segurança junto a justiça local, situação inclusive que pode lhes render até cassação seu mandato, desde que a câmara tenha peito para impor seu próprio seu direito e sua obrigação.
Afora este direito, mesmo que não queira Henrique adentrar por este caminho, legal e justo, que se aproxime do povo e os ouça, ainda assim uma análise cuidadosa quanto ao resultado que o povo impôs no pleito passado também o deixará bastante informado.
No que tange a falta de dialogo dos nossos gestores isto é coisa comum, eles só conversam com seus familiares, fato que Henrique conhece desde criançinha, não foi à toa que ele proferiu a celebre frase; “sou rei, mando eu, eu posso tudo”, o que se deu quando da escolha dos secretários em janeiro de 2013
Sobra sua candidatura a prefeito digo, ou Henrique abandona o caminho da perdição que se meteu, aprovando contas que não deveria aprovar, votando isenções fiscais que não deveria ter votado, ou ela jamais será prefeito.Todos sabem quem são os prediletos da elite política dominante, que são os mesmos de sempre, de João e Mané.
Escrito por Tadeu Sá.

Fernando com os prefeitos, Robson Leandro (Jatobá), Rorró Maniçoba (Floresta), Gustavo Caribé (Belém) Gustavo Cabral (Itacuruba), Dr. Neto (Carnaubeira da Penha) e Adalton (Ibimirim).

Pensando mais a frente, já que não é bobo, o senador eleito pelo PSB, Fernando Bezerra Coelho reuniu-se com aliados nesta quinta (13), com o fim de agradecer pelos votos recebidos e ao mesmo tempo também conversar sobre os pleitos dos prefeitos da região.
O encontro aconteceu na residência do ex-prefeito Manoel Caribé, pai do prefeito atual Gustavo Caribé, momento em que se fizeram presentes os prefeitos Robson Leandro (Jatobá), Rorró Maniçoba (Floresta), Gustavo Cabral (Itacuruba), Dr. Neto (Carnaubeira da Penha) e Adalton (Ibimirim), além evidentemente do próprio Gustavo e do senador eleito Fernando Bezerra.
Segundo informações do prefeito, durante a visita aconteceu mais uma reunião do COMSIM (Consórcio dos Municípios das Regiões de Itaparica e Moxotó), no entanto pelo que se viu uma boa parte dos prefeitos não se fizeram presentes, como foi o caso do prefeito de Petrolândia, de Tacaratú e quase todos da região do Moxotó.
Na pauta, foram discutidas alternativas para a implantação de sistemas integrados de produção apropriada para o auto-abastecimento e autonomia alimentar e produtiva. A proposta é que sejam atendidas 200 famílias na zona rural do município.
Dentre outros assuntos tratados na reunião, como pauta de reivindicações ao senador eleito Fernando Bezerra Coelho, lhes foi sugerido que diligencie com o fim de ser implantada na região uma CIRETRAN, como também uma GERES.
Escrito por Tadeu Sá.

Desenvolvido por