No troca/troca sai um agrônomo da secretaria de agricultura e entra um professor. Para a do interior vai o agrônomo.

Mesmo indicados há poucos dias, o secretário Wilson Roriz, não mais comanda a pasta de agricultura, nem Laercio Dunes, ocupa a pasta do interior. Com o troca/troca, um vai para o lugar do outro, a mudança aconteceu na sexta-feira, dia 16/06.

Embora sem especificar os verdadeiros motivos, o que se diz é que a troca se deu ante a necessidade de incrementar as ações das mencionadas secretarias. Que incrementações seriam estas?

Nas ruas porém, os burburinhos dão conta de que o fato relaciona-se a denúncias anônimas feita pelo agrônomo Wilson Roriz. Em meados do ano passado, Wilson ao fazer graves denúncias com o ex-prefeito Gustavo Caribé, e pediu o anonimato do seu nome alegando que se o ex-prefeito soubesse, poderia mandar mata-lo. Gustavo manifestou-se sobre o caso e respondeu a Wilson, dizendo que não era homem para mandar matar ninguém.

O troca/troca surpreende porque Wilson, que é agrônomo vai para a pasta do Interior, e Laércio Dunes, que é professor em Licenciatura em Educação do Campo, vai para a Secretaria de Agricultura. Na verdade, não era nem para existir duas secretárias, mas uma intitulada Secretaria de Agricultura, Defesa Animal e Interior seria o suficiente em face da conjuntura econômica que vivemos, e nela como já afirmado, a indicação de uma pessoa competente, compromissada, e sem vícios como o passado e o presente político que vivemos.

 

Categoria: Sem categoria

Desenvolvido por