Kaio Maniçoba e seus novos companheiros. Neste grupo ele vai ter maiores dificuldades. (Foto: Magno Martos)

Na véspera de fechar a janela partidária, ou seja, do fim do prazo estabelecido na lei para o troca troca partidário sem que o Deputado perca o mandato, levou o Deputado Federal Kaio Maniçoba, a mudar mais uma vez de partido e desta feita ele saiu do MDB e filiou-se no Solidariedade.

Com Kaio também filiaram-se o ex-deputado federal Carlos Eduardo Cadoca. Cadoca busca voltar à Câmara Federal, bem como o empresário e pré-candidato a Deputado Federal, Tonynho Gel. Gel é filho do deputado estadual e ex-prefeito de Caruaru, Tony Gel e sua mãe Mirian Lacerda, foi a Deputada Estadual eleita com a maior votação no estado, quando obteve 67.830 votos. No pleito em que o ex-governador Eduardo Campos foi eleito governador pela primeira vez, Miriam foi candidata a vice na chapa derrotada que foi encabeçada pelo ex-governador Jarbas Vasconcelos, que na ocasião buscava a reeleição para o governo.

A mudança de Kaio sinaliza que na sua curta trajetória política, já que exerce seu primeiro mandato eletivo, Kaio passou pelo PHS, depois mudou para o MDB e agora embarca no Solidariedade.

No cenário de haver uma chapinha de Federal composta por PP, PCdoB, PDT e Solidariedade, as perspectivas são de que a coligação possa eleger de quatro a cinco deputados, o que daria na melhor hipótese a oportunidade do último eleito chegar ao mandato com pelo menos 70 mil votos.

Se assim for, Kaio vai terá que praticamente triplicar os votos que obteve na eleição de 2014. Naquela ocasião O Deputado foi beneficiado com o coeficiente eleitoral e foi eleito com apenas 28.585 votos, deixando de fora do mandato candidatos com votações wxpressivas, como Mozart Sales (PT), com 73.967, o próprio Augusto Coutinho (SD) 67.918, João da Costa (PT) que é ex-prefeito do Recife, Pedro Eugênio (PT) com 61.025 e Fernando Ferro (PT) com 59.147 votos. Segundo as projeções, Augusto Coutinho deve obter 100 mil votos.

Categoria: Sem categoria

Desenvolvido por