A Prefeitura de Belém do São Francisco, através da Secretaria de Educação, informa que tem investido fortemente na qualidade da merenda que é servida aos alunos das escolas municipais.

Segundo a prefeitura, durante o mês de maio foram investidos 90% a mais do que sempre foi gasto em merenda nos anos anteriores. A nutricionista, Gisele Barbosa, explica que o município recebe do FNDE – Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação um valor por mês para a merenda, porém o repasse é insuficiente, e para garantir uma nutrição necessária ao desenvolvimento físico e mental do aluno, a prefeitura precisa complementar com recursos próprios.

Todos os meses o FNDE repassa para cada criança de creches: R$ 1,07, aluno da pré-escola R$ 0,53, ensino fundamental R$ 0,36, educação de jovens e adultos R$ 0,32 e alunos que frequentam o Atendimento Educacional Especializado no contra turno R$ 0,53. Em nenhum desses casos o valor é suficiente para garantir a merenda de qualidade, por isso a Prefeitura tem investido, dando assistência financeira, disse a nutricionista Gisele Barbosa.

Atualmente, o cardápio dispõe de uma variedade e diversidade de alimentos como frutas, carnes, legumes, massas, sucos da fruta, purê de batata doce, sopa de feijão e legumes, papas, e diversos outros alimentos que garantem uma refeição saudável.

Outro aspecto importante é a boa administração e manuseio dos alimentos. Periodicamente as escolas recebem a visita da nutricionista que presta orientação às gestoras e aos responsáveis pela merenda, para que fiquem mais providos de informações para que possam laborar melhor os itens alimentícios.

Ainda envolvendo a compra da merenda escolar, é desejo da prefeitura uma maior aquisição de alimentos provenientes da agricultura familiar. Para tanto, existe um incentivo para que agricultores locais participem da chamada pública para fornecimento de produtos para composição da merenda.

No mínimo 30% do valor enviado pelo FNDE serão destinados ao Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), no qual os alimentos serão adquiridos através da agricultura familiar. (Fonte e fotos: PMBSF).

Categoria: Sem categoria

Desenvolvido por