Belemita Jonas Toró brilha no futebol nacional e internacional. Num torneio que aconteceu na Mongólia, Jonas Toró marcou sete gols numa só partida e foi artilheiro da competição com 16 gols.

Um jovem garoto belemita de nome Jonas Toró, com apenas 17 anos de idade vem enchendo os olhos da comissão técnica do time São Paulo Futebol Clube. O outro, um pouco mais velho, chama-se Tony, e também chamou atenção dos torcedores cearenses quando seu time, o Ferroviário do Ceará, quebrou um longo jejum de seis anos ao vencer o rival Fortaleza pelo placar de 2×0 em partida válida pela semifinal do campeonato daquele estado. Um dos gols do jogo foi de Tony, que no mundo do futebol é conhecido por Tony Belém.

JONAS TORÓ:

Visando reforçar cada vez mais sua já forte equipe da categoria de base, o São Paulo contratou Jonas Toró após quatro apresentações dele na última Copa São de futebol júnior. O jogador foi a maior revelação do torneio e na ocasião atuava pelo modesto time do Primavera, de Indaiatuba. No campeonato Jonas conseguiu marcar seis gols em quatro jogos disputados e isto imediatamente chamou a atenção dos olheiros do São Paulo, que não perderam tempo e logo recomendaram sua contratação à diretoria tricolor.

Afora o São Paulo, o Santos, o Atlético-PR, bem como a dupla Grêmio e Internacional também mostraram interesse no jovem atacante que, no entanto, optou pelo time da capital paulista. O contrato assinado é de empréstimo e vai até março de 2019, com opção de compra total ou parcial dos direitos econômicos do jogador ao final do vínculo. Tão logo contratado, Jonas disputou pela equipe do Sub-19 um torneio internacional que aconteceu na Mongólia e seu clube aplicou a maior goleada já registrada pela história do clube paulista ao vencer o time do Baotou FC por 30 X 0. No jogo o atacante Jonas Toró marcou sete gols.

A campanha do São Paulo no torneio foi espetacular, em quatro jogos, três vitórias e um empate. Incríveis 69 gols marcados e apenas três sofridos. Na primeira fase, afora a vitória sobre o Baotou FC, o São Paulo venceu o Erdos Mongolia, o único empate veio contra a seleção da Coréia do Norte por 3 a 3. Na final o tricolor paulista venceu o Hradec Králové, da República Tcheca, por 7 a 0 e Toró foi o artilheiro do torneio com 16 gols.

O jovem Jonas é filho do senhor José Carlos, que trabalha na Fonseca Material de Construção e estudava no Erem Tercina Roriz, até que ao participar de um torneio da cidade de Tacaratu, um olheiro do futebol o viu e logo levou o jogador para o Primavera, clube do interior de São Paulo.

Antes de seguir para São Paulo, Toró fez alguns testes em outras equipes do nordeste, mas sua paixão por Belém sempre levava a abandonar os testes. Desta feita não, Toró, agarra-se aos treinamentos, mas mesmo assim acompanha de perto tudo que acontece no mundo do futebol de Belém, e sempre diz para a família que logo estará aqui para visita-los e matar a saudade da terra e dos amigos. Um dos seus sonhos é participar da reinauguração do Estádio Municipal, mas o jogador só poderá vir se obtiver autorização por parte da direção do São Paulo.

De porte físico avantajado, Toró tem 1,77mt de altura e costuma atuar pelos lados do campo com muita velocidade e habilidade nos dribles, mas também atua como centroavante. O jovem atleta mostra muita qualidade nas finalizações e oportunismo na grande área e apontado hoje com uma das melhores promessas do futebol brasileiro.

TONY BELÉM:

Após marcar o gol que levou seu time, o Ferroviário a final do campeonato cearense de futebol, Tony Belém é abraçado pelos companheiros.

Outro jogador que recente chamou atenção atuando pelo futebol cearense foi o zagueiro Tony, que vem a ser filho da senhora Miriam de seu Norberto (falecido), que até pouco tempo possuía uma banca na feira livre da cidade. Tony é mais conhecido no meio desportista como Tony Belém, e por último disputou o campeonato do Ceará atuando como zagueiro pela equipe do Ferroviário.

O time de Tony disputou a final do campeonato contra o Ceará, quando se sagrou vice campeão, e um gol de Tony na semifinal, além de dar o vice campeonato, quebrou um longo jejum de seis longos anos sem o Ferroviário vencer o Fortaleza em jogos pelo campeonato cearense. A vitória sobre o Fortaleza mereceu mais destaque ainda em vista de que foi apenas a quarta vitória do Ferroviário sobre o Fortaleza nos últimos 10 anos.

Clicando nas setas abaixo você ver um vídeo que mostra um pouco da vida de Toró em Belém e sua participação na Copa São Paulo de futebol júnior. No outro, os melhores momentos do jogo Fortaleza x Ferroviário e o gol anotado pelo zagueiro Tony Belém.

Categoria: Sem categoria

Desenvolvido por