Belemita Hilda de Tintim de olho na política de Lagoa Grande. A cidade já tem Olavo, vereador com sangue de Belém.

Quem vem se movimentando nos bastidores da política de Lagoa Grande é a presidente do Partido Republicano Brasileiro (PRB), Hilda Fernandes, que agora também assume a liderança regional do partido no do Vale do São Francisco. Hilda é belemita e na cidade é mais conhecida como Hilda de Tintim

A presidente mantém uma aliança fortíssima com o deputado Ossesio Silva (PRB), que faz oposição ao governador Paulo Câmara do PSB e é aliado do ministro Armando Monteiro (PTB).

Dando continuidade as articulações, Hilda já prepara a filiação do pré-candidato a vereador Ozimário Nunes, que deixou o PDT e vai filiar-se ao PRB que tem o número 10 de campanha.

Ozimário foi cabo eleitoral do vereador Ítalo de Vilma e sonha com o apoio do parlamentar já que o mesmo declarou que está fora da próxima disputa política, ou seja, não vai mais pleitear cargo eletivo.

Perguntado a presidente sobre o posicionamento do partido a respeito do pré-candidato a prefeito, a mesma retrucou. “O momento agora é fortalecer o partido com lideranças responsáveis”, comentou a presidente.

Fonte: (Lagoagrandenoticia.com).

Escrito por Tadeu Sá.

Promessa de implantação em Belém deve agora ser em Jatobá. Mais uma prova da incompetência dos nossos políticos.

Cerca de 500 famílias de produtores pernambucanos de tilápia nos municípios de Jatobá, Petrolândia, Belém do São Francisco, Floresta e Itacuruba deverão contar com um Complexo de Beneficiamento do pescado, a partir do próximo ano. Esta é a expectativa do senador Fernando Bezerra Coelho (PSB) que, na semana passada, acompanhado do secretário de Agricultura do Estado de Pernambuco, Nilton Mota, e do Prefeito de Jatobá, Robson Leandro, esteve no Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA) para apresentar o projeto ao ministro Hélder Barbalho.

“Esta é uma oportunidade para ajudarmos a materializar o sonho antigo dessas famílias, que também é uma prioridade para Pernambuco: implementar este importante arranjo produtivo da tilápia no estado”, ressaltou o senador. O projeto, segundo o secretário Nilton Mota, contempla um centro de beneficiamento da tilápia, um curtume (para o aproveitamento do couro do pescado) e fábricas de gelo e ração.

A estimativa é que mais de mil toneladas de tilápia sejam beneficiadas no Complexo. Conforme destacou o prefeito Robson Leandro, um dos principais objetivos do projeto é agregar valor ao pescado. “O preço do quilo da tilápia passará de R$ 5,80 (peixe fresco) para R$ 22,00, que é o atual valor do quilo de filé do pescado, para o produtor”, ilustrou o prefeito.

Também participou da reunião o secretário de Ordenamento e Planejamento da Aquicultura do MPA, Felipe Matias. O ministro Hélder Barbalho afirmou que “o ministério apoiará a iniciativa por ser um projeto prioritário para Pernambuco”.

NOTA DO BLOG DO TADEU SÁ

Quem lembra da Netuno, que festivamente foi anunciada que seria implantada em Belém. O tal lançamento aconteceu no Oásis Club de Belém do Francisco e foi comandado pelo falecido governador Eduardo Campos, Fernando Bezerra Coelho e todo staf do governo de Pernambuco.

Feito o anuncio logo se travou uma briga que só costuma acontecer aqui Belém pela paternidade da obra, uma família dizia ter sido ela, a outra diz o contrário e tudo terminou por não acontecer, assim como não aconteceu com a fábrica de óleo que seria instalada nos chamados armazéns da Cibrazem, como a Câmara Frigorifica que iria produzir sementes de cebola e também como a estrada da Barra do Tarrachil.

Pois bem, a matéria acima informa que a iniciativa de implantar o centro de beneficiamento da tilápia, um curtume (para o aproveitamento do couro do pescado) e fábricas de gelo e ração foi acompanhada pelo prefeito de Jatobá,  Robson Leandro.

Logo sabe o que isso pode significar? É que mais um empreendimento que prometeram implantar em Belém mas não vai acontecer.

Sabe porque isso? Porque nossos políticos não possuem interesse em estancar o regresso que nos agride. Quanto mais atraso maior dependência e com isso a perpetuação do curral.

Sabe o que devemos fazer? Mudar todos, os que nada fazem e os que nunca fizeram e que se calam diante de tantas mazelas, ou então continuemos como o filme “Os não pagadores de promessas” .

Escrito por Tadeu Sá.

Classificados para a semifinal da Copa TV Grande Rio de Futsal, Curaçá e Abaré se enfrentaram de olho na primeira posição do grupo A. Além disso, o jogo tinha um gostinho de revanche, já que na estreia da competição o time baiano meteu 3 a 0 no rival pernambucano.

Referência no time de Abaré, Quarentinha apareceu logo nos primeiro minutos de jogo. O Camisa 14 bateu colocado, venceu o goleiro Cícero e abriu o placar. Por ter um gol a mais de saldo, Cabrobó precisava apenas do empate para ficar com a liderança do grupo.

Mesmo este sendo o único gol do primeiro tempo, a partida passou longe de ser morna. Precisando do gol, Cabrobó atacou bastante, mas sempre parava nas mãos do goleiro Welton. Já Abaré, esbarrava na falta de pontaria do ataque.

O segundo tempo teve o mesmo ritmo do primeiro. Vários ataques e grandes defesas. Ligeiramente melhor,  Cabrobó conseguiu chegar ao gol de empate. Sem marcação, Thompson chutou e deixou tudo igual no Ginásio do Sesc Petrolina.

A partida seguiu no mesmo embalo, mas o gol não apareceu mais. O resultado de 1 a 1 deixou Cabrobó na liderança do grupo. No sábado, a equipe enfrenta Curaçá. A outra semifinal será entre Abaré e Trindade, no mesmo dia.

NOTA DO BLOG DO TADEU SÁ

Por onde anda o esporte de Belém, cidade que formou o primeiro time profissional no interior do Estado e que no ultimo campeonato pernambucano da terceira divisão ficou em terceiro lugar. Falta apoio e com isso cidades vizinha a nossa, como é o caso de Cabrobó e Abaré conseguem ganhar destaques que são importantes para o município, para o desporto e para seu povo. É uma pena. (Foto: Emerson Rocha).

Escrito por Tadeu Sá.

Na igreja da cidade companheiros cantam em despedida a Titico.

A cidade de Terra Nova,  em completo estado de choque sepultou na sexta feira (17), o locutor, cantor e assessor de comunicação da Prefeitura Municipal, Francisco Xavier Pires de Carvalho, que na terra era carinhosamente chamado de Titico Terra Nova.

Titico, mesmo sem possuir qualquer desafeto, já que era bem quisto por todos, recebeu uma facada no peito e veio a óbito, fato acontecido no dia anterior, no centro da cidade. O acusado foi preso logo depois e encaminhado para o Presidio Regional de Salgueiro.

Mesmo sendo socorrido e transferido para o Hospital Regional de Salgueiro, infelizmente não resistiu aos ferimentos. Segundo se comenta na cidade o responsável pela morte é usuário de droga e que na ocasião do fato teria dito que não gostava da voz de Titico.

Titico foi um dos pioneiros da comunicação no município de Terra Nova e grande fomentador da cultura local. Como cantor, Titico com a ajuda dos parentes e amigos chegou a gravar um CD e a fazer shows pela região, pelo Estado do Pará, Maranhão, inclusive em Belém, quando aqui se apresentou pela última vez no Bar do Fubá.

SEPULTAMENTO

O velório e os funerais de Titico foi acompanhado por uma verdadeira multidão que a todo momento o aplaudia. Durante o cortejo vários carros de som executavam musicas cantadas por ele e por todos os lados se via pessoas lamentando o acontecido e chorando copiosamente.

HOMENAGENS

Na câmara de vereadores, diante de várias autoridades do município, inúmeros vereadores e diversos prefeitos da região prestaram as últimas homenagens, já no túmulo diversos artistas da terra como o cantor Raniere, Gley Gomes, Naldinho Silva, Milton Leite, Kinho Callou e tantos outros homenagearam o colega cantando e tocando varias musicas que fazia parte do repertório de Titico. Kinho Callou cantou “Meiga Senhorita”, e “Ainda hoje chorei de saudade”, músicas predileta de Titico.

O momento de maior emoção aconteceu justamente no momento em que o aboiador Chico Justino entoou “Jesus Sertanejo” e “A morte do vaqueiro”.

Escrito por Tadeu Sá.

As ruas de Terra Nova ficaram apertadas para o povo que queria dar o último adeus ao filho querido.

Diversas ações vêm sendo realizadas pelo Governo Municipal de Floresta em defesa das crianças e adolescentes do município. A Conferência dos Direitos de Crianças e Adolescentes é uma das ferramentas para que Floresta avance nessas questões.

Na sua quinta edição, o evento, que aconteceu na quarta (15), no auditório da GRE, trouxe a proposta de ouvir a comunidade nos seguintes eixos: Promoção dos Direitos de Crianças e Adolescentes; Proteção e Defesa dos Direitos; Protagonismo e Participação de Crianças e Adolescentes; Controle Social e Efetivação dos Direitos e Gestão da Política Nacional dos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes.

À frente dessa iniciativa está a Secretaria de Desenvolvimento Social, apoiada pelo CONDICA. A Secretaria é uma instituição que atua de forma incisiva nessas causas e que trabalha o ano inteiro para promover direitos, bem estar e proteção de crianças e adolescentes.

Fazendo uma breve retrospectiva, pode-se destacar ações preventivas em eventos como carnaval, Dia de Combate à Violência Sexual, entre outros, quando foram distribuídos panfletos com orientações sobre drogas, violência, sexo, distribuição de camisinhas, palestras nas escolas e buzinaço.

Outros temas também foram trabalhados durante o ano como o racismo, com destaque ao Dia Nacional de Combate ao Racismo, quando houve caminhada pelas ruas com faixas e participação de escolas; trabalho infantil, com enfoque especial no Dia Internacional de Combate ao Trabalho Infantil, ocasião em que a Secretaria promoveu caminhada pela feira livre e distribuição de cartazes em bares, oficinas e mercados. Além das ações vivenciadas dia a dia, nos diversos programas sociais existentes no município.

“Nosso trabalho é constante no sentido de promover e garantir os direitos das nossas crianças e adolescentes. Contamos com equipes atuantes e eficientes que, sob a coordenação da Secretária Janaína Correia, desempenham um trabalho com diferencial e, que várias vezes, foi motivo de elogios e servem de referência para outros municípios”, ressaltou a Prefeita Rorró Maniçoba.

Escrito por Tadeu Sá.

Depois de apostas nos secretários Ricardo Rocha e Edinaldo Lima, que ao que parece não decolaram, surge um novo nome como possível candidato à sucessão do prefeito Julio Lossio (PMDB): Orlando Tolentino.

Mesmo sem qualquer garantia, Tolentino não perde tempo e agora caminha e caminha muito. Não perde nada e vai cumprimentando e alimentando a possibilidade de ser indicado por Júlio Lossio a sua sucessão. Em recente comemoração ao seu aniversário, promoveu um grande café da manhã e recebeu inúmeros cumprimentos dos amigos e correligionários.

Tolentino, que está filiado ao PMDB, já havia colocado seu nome como pré-candidato à deputado nas últimas eleições e agora torce para que seu novo projeto siga em frente. (Fonte: Blog do Carlos Brito).

Escrito por Tadeu Sá.

Diante das cobranças de parlamentares do Nordeste, especialmente de Pernambuco e da Bahia, o Ministério da Integração Nacional determinou à direção da Codevasf que quitasse imediatamente as contas de luz em atraso com a Celpe e Coelba. Pelo não pagamento dessas contas, a Celpe cortou a energia pelo lado de Pernambuco e a concessionária Coelba pelo lado da Bahia.

De acordo com o ministro Gilberto Occhi, foram pagos aproximadamente R$ 500 mil de faturas antigas, cuja pendência, após o fim de um convênio com a Chesf, provocou o desligamento de energia de vários perímetros irrigados de Fulgêncio, Brígida, Icó-Mandantes, Apolônio Sales e Barreiras, nos municípios de Petrolândia, Floresta e Itacuruba, em Pernambuco; e Pedra Branca, Rodelas e Glória, na Bahia.

O sistema de Itaparica é formado por 10 perímetros entre os Estados de Pernambuco e a Bahia. Ele foi criado pela Chesf na década de 80 para indenizar as famílias que viviam na área rural onde se formou o lago da Usina hidrelétrica Luiz Gonzaga.

Até 2014, os perímetros eram administrados por meio de uma parceria entre a Codevasf e a Chesf. Com o fim do convênio, as áreas irrigadas localizadas nos municípios pernambucanos de Petrolândia, Floresta, Belém e Itacuruba passaram a ser administradas pela Codevasf.

Escrito por Tadeu Sá.

Por Tadeu em abr - 20 - 2015

OPINIÃO: A GRANDE BATALHA.

Por Osvaldo Coelho

Ex-deputado Federal

A grande batalha para o semiárido foi sonhada por Epitácio Pessoa, Celso Furtado, Nilo Coelho, Rômulo Almeida, João Agripino e outros sacerdotes do Nordeste. A grande batalha precisa ser travada para acabar a crônica e enorme desigualdade regional no Brasil.

O Brasil não pode ser dividido em ricos e pobres. Isto é injusto. A injustiça deve ser combatida com luta. Assim dizia o filósofo indiano Mahatma Ghandi.

Esta batalha é de responsabilidade da União. O deserto de Sonora irrigado tornou ricos a Califórnia, a Arizona, o Noroeste do México. O Estado de Nebrasca ficou rico com a irrigação. Argentina, Peru, Chile, cuidaram de seus semiáridos e os fez prósperos. A China e a Índia irrigam centenas de milhares de hectares anualmente. O Brasil trata o seu semiárido com indiferença. O semiárido brasileiro tem potencial para a prosperidade. Tem solo, sol, água e recursos humanos. Tem demonstrado sucesso com a irrigação no Polo Petrolina/Juazeiro.

E mesmo assim a União dorme e não aceita o desafio de um país justo. Continua injustiçado com o cenário inaceitável de um país dividido entre ricos e pobres. Tem dinheiro para tudo: futebol, trem bala, corrupção. Só não tem dinheiro para os patrícios do Semiárido.

O governo da União precisa abraçar esta causa. Sem água nada cresce. A água está no Rio São Francisco, no Parnaíba, em poços nas bacias sedimentares, nos grandes açudes, muitas vezes ocioso por falta de obras complementares. No Piauí o homem sofre com a falta d’água estando sobre um mar de água subterrânea.

Na Califórnia, 50% da região é com água subterrânea. Na Espanha 1 milhão de hectares são irrigados com água do subsolo. Temos aqui aquíferos subterrâneos em todo o Semiárido.

Não há argumento para a inércia. Não há argumento para parar a irrigação. A União precisa acordar e abraçar a causa da irrigação no Semiárido.

Com a chegada da vitima fatal e baleados ao hospital de Belém logo se formou um grande número de pessoas no local.

Informes divulgado no inicio da tarde de ontem, quinta feira 09, dão conta de que houve um intenso confronto entre policiais militares da Companhia local e quatro elementos que segundo a mesma fonte tratam-se de assaltantes. O local do embate não foi informado, mas sabe-se que os feridos residem em fazendas localizadas entre as cidades de Belém do São Francisco e Cabrobó.

As noticias dão conta de que uma equipe formada por vários policiais militares das diversas secções da PM já vinha trabalhando desde sexta feira passada com o fim de desarticular quadrilhas que vem praticando constantes assaltos na região, em especial o assalto que aconteceu no inicio da noite de sábado em uma das balsa que faz a travessia entre Belém e Barra do Tarrachil, o fato teria acontecido no lado da Bahia.

Relata ainda as informações que os policiais ao se deparem com uma casa supostamente abandonada no interior da caatinga foram recebidos a bala, no que dai resultou num intenso tiroteio e na morte da pessoa conhecida pelo epiteto de Delegado, sendo que dois dos seus comparsas conhecidos como Athayde e Alex saíram baleados e foram encaminhados para o hospital municipal. A vítima fatal foi removida para o IML e um terceiro que se encontrava com os demais conseguiu fugir. Um dos baleados dado a gravidade dos ferimentos foi posteriormente encaminhado para Salgueiro.

Ainda de acordo com as informações foram apreendidos vários objetos usados para as práticas de crimes de assaltos, dentre eles um revólver cal. 38, duas pistolas cal. 380, dois coletes balísticos, cinco carregadores de pistola, noventa e nove cartuchos cal. 380, quinze cartuchos cal. 12, quatro cartuchos cal. 38 intactos e três deflagrados, três balaclavas, um fardamento do EB, dois aparelhos de celular e 230g de maconha, no entanto não esclareceu a policia se todo este material foi ou não apreendidos em poder dos elementos.

Escrito por Tadeu Sá.

Mesmo sendo intimado para contestar pedido, porque razão não sabe Licino não fez.

Depois de sofrer derrota na sua pretensão de ver cassadas as diplomações de rivais e em consequência a manutenção da governança do primo prefeito, Gustavo Caribé, a trajetória politica de Licínio segue sem sossego pois desta feita a justiça eleitoral o condenou a pagar multa eleitoral no montante de R$ 8 mil por propaganda irregular quando do pleito eleitoral de 2012, ocasião em que Licínio disputou o cargo de prefeito do municio. A decisão foi publicada no dia 6, segunda feira passada.

O objeto da ação trata-se de Representação Eleitoral formulada pela “Coligação Unidos Pelo Progresso de Belém” e Gustavo Henrique Granja Caribé, em face da “Coligação Pra Belém Crescer” e Licínio Antônio Lustosa Roriz, quando em suma alegam os autores que os representados teriam realizado propaganda irregular ao manter material de campanha, consistente em cavaletes e pedras de apoio, em local público e horário defeso pela legislação eleitoral, em especial artigo 10, §§ 4º e 5º, da Resolução nº 23.370/2012. Antes no entanto a coligação proponente pediu a retirada do material sob pena de multa cominatória, sendo pois a liminar concedida.

DESATENÇÃO

Intimados para contestar a representação, estranhamente Licinio e coligação não apresentaram resposta, razão porque foi decretado a revelia com a consequente pena de confissão quanto à matéria fática. Na época foi certificado ainda que o representado manteve a propaganda irregular.

Diante do fato os representantes apresentaram nova petição, aduzindo que os representados mantinham propaganda irregular nos termos da exordial e com isso foi determinada a intimação pessoal do representado Licínio Antônio Lustosa Roriz, o qual se manteve inerte e não contestou o pedido. Ao oferecer parecer o Ministério Público pugnou pela procedência do pedido.

Na decisão, o Magistrado afirma: “Destarte, a realização de propaganda eleitoral por meio de cavalete após o horário supramencionado caracteriza infração administrativa eleitoral (propaganda irregular), sujeitando o responsável pela divulgação da propaganda, e o candidato ou partido beneficiário, que comprovadamente tenha conhecimento dessa divulgação, à multa no valor estipulado em lei”.

E prossegue: “No caso presente, como bem colocou o Ministério Público, presume-se que o candidato teve prévio conhecimento acerca da irregularidade de sua propaganda, posto que devidamente intimado para regularizar, assim não o fez”. “Ademais, as fotos apresentadas pelos representantes, junto à revelia dos representados e, ainda, a certidão nos autos elaborado pelo próprio MM. Juiz Eleitoral à época conduzem à procedência do pedido”.

E finaliza o Magistrado dizendo: “Os representados foram devidamente intimados para adequar a propaganda irregular e não o fizeram, bem como sequer apresentaram defesa em Juízo no prazo legal, inclusive com a intimação pessoal do representado Licínio Antônio Lustosa Roriz, demonstrando desprezo com as normas eleitorais que visam igualar os candidatos que disputam um mandato, desobedecendo à determinação expressa deste Juízo, justifica a aplicação da multa no teto máximo permitido na legislação eleitoral, ou seja, R$ 8.000,00 (oito mil reais), conforme previsto no artigo 37, § 1º, da Lei nº 9.504/97 e artigo 10, § 1º, da Resolução nº 23.370/2012 do TSE. Mesmo com decisão Licínio ainda pode recorrer.

Escrito por Tadeu Sá.

Desenvolvido por