Em mensagem enviada aos seus eleitores, o deputado estadual Rodrigo Novaes, ainda em plena ressaca eleitoral não esquece os amigos e aproveitou para enviar mensagem agradecendo a todos, ao tempo em que pede que o acompanhe em seu trabalho pelas redes sociais, com sugestões e criticas para que possa trabalhar mais firme ainda por um Pernambuco mais justo para todos.

Na mensagem enviada ao Blog, Novaes diz, “Passada a eleição, pus-me a refletir sobre a mensagem das urnas”.

Ter obtido a maior votação de um deputado estadual de toda a história de Itaparica e ter sido o deputado sertanejo mais votado deste pleito, traz-me enorme alegria e também o sentimento de grande responsabilidade na defesa de nossa região”.

 “Fico feliz de ter conquistado a confiança das pessoas e de ter nosso trabalho reconhecido por mais de 64 mil cidadãos pernambucanos. Ao lado do governador Paulo Câmara vou cumprir um segundo mandato ainda mais produtivo, próximo das pessoas e lutando com garra por avanços para nossa região”, diz o florestano.

Conheço bem nossa pauta de reivindicações. Sei de nossos problemas nas áreas da saúde, segurança, agricultura, educação; conheço de perto nossas potencialidades. Enfrentarei todos os obstáculos para conseguir melhorar a vida de nosso povo. Somente com muito trabalho e esforço irei retribuir o carinho de todos para comigo nessas eleições”.

Ao finalizar o deputado diz querer a participação de todos na construção do seu mandato: “Peço aos amigos que acompanhem nosso mandato nas redes sociais, opinem, critiquem. Vamos trabalhar juntos por um Estado mais justo com o desenvolvimento chegando a todas as regiões”.

Escrito por T adeu Sá.

imagem

Deputado eleito Kaio Maniçoba defronte a tropa de Segurança Nacional, no protesto da transposição eixo sul.

Tudo começou com o anuncio de que o Ministério da Integração Nacional iria fazer funcionar, no início desta semana, um dos trechos do canal da transposição eixo sul, que fica localizado no município de Floresta. Segundo o prefeito de Petrolâdia, Lourival Simões, a medida era absurda, pois a situação do Lago é preocupante já que conta apenas com 17,23% da sua capacidade normal e que a medida iria importar apenas em desperdício de água.

Além deste fato o prefeito chamou atenção para os quases 5 mil hectares de área irrigadas do  município que tem que funcionar com rodízio de bombeamento, de forma que comunidades inteiras, mesmo  sem os testes já estavam prejudicadas, como é o caso de Brejinho de Fora que não consegue se quer bombear água para o próprio consumo.

Segundo o prefeito, mesmo levando ditos argumentos a CHESF, ONS e ANA, a resposta foi à mesma: “Temos de garantir a produção elétrica porque esta crise energética somada à seca, estamos beirando um colapso”.

Com esta resposta o prefeito disse: “Não consigo entender como se é mais importante produzir energia em detrimento, em manter água para a vida das pessoas. E o que me causa mais revolta é saber que tudo se deu por uma opção de operação da ONS para se esvaziar o Lago de Itaparica para volumes críticos vistos apenas na Seca de 2001”.

O mais surpreendente, segundo o prefeito “é querer ligar 02 (duas) das 04 (quatro) bombas no Canal da Transposição do referido Eixo, para testes, não sei se de repente vamos assistir nos guias eleitorais que o Canal da Transposição esta funcionando para enrolar os sulistas, sei que essa ligação consumirá 1% do Lago, onde a CHESF já nos informou que sem ele funcionar já iremos ter apenas 16,5% na próxima segunda feira”.

Mesmo com a grave denuncia o prefeito só conseguiu chamar atenção de poucas pessoas, inclusive o Ministério da Integração insistiu com o teste, fato que levou algumas pessoas e políticos da região, na segunda-feira (13), a bloquearem o acesso ao canteiro da Transposição, sendo que com o fato o governo deslocou para o local sete viaturas com 30 policias da Força Nacional de Segurança para estancar o protesto, que no caso era formado por apenas 100 pessoas, entre eles agricultores, funcionários da  prefeitura de Petrolandia,  um padre de uma Diocese da região, índios, o prefeito Lourival Simões e o deputado  federal recentemente eleito, Kaio Maniçoba.

Com a chegada dos policias logo se abriu um canal de negociação, sendo que depois de uma conversa estabelecida os lideres do movimento cederam estes aos argumentos e com isso os responsáveis pela transposição partiram para os testes.

imagem

Prefeito Lourival Simões em dialogo com manifestantes..

SISTEMA FALHOU

Ocorre que livre dos protestos, a água que deveria ser bombeada para 60 metros de altura, até um tanque e um canal que levaria por gravidade até a barragem de Areias, não aconteceu e muito embora não se saiba oficialmente as causas, muito se comenta na região que teria acontecido pane na parte elétrica da obra (Fotos: Blog do Jair Ferraz).

Escrito por Tadeu Sá.

imagem

A criação do curso de medicina em Juazeiro, no vale do São Francisco, será oficializada ainda esta semana, quando um termo de compromisso será assinado por autoridades locais e integrantes do Ministério da Saúde.

A cidade é uma das seis contempladas no estado que vão abrigar cursos particulares de medicina, como parte do programa “Mais Médicos” de interiorizar e aumentar o número de vagas de medicina no país.

Até o momento, foram autorizadas as aberturas de graduações em Alagoinhas, Eunápolis e Itabuna. Faltam agora, as autorizações para os cursos de Guanambi e Jacobina. A previsão é que a formação em Juazeiro comece em 2015, com estimativa de cem vagas.

Entre os pré-requisitos da abertura do curso, a cidade deve oferecer uma unidade de saúde que sirva de ensino para os estudantes, além de atendimento para a população. De acordo com a assessoria do Ministério da Saúde, a empresa que vai instalar a graduação só deve ser conhecida depois da abertura do edital, que tem previsão de sair até o final do mês.

Escrito por Tadeu Sá.

imagem

Conselheiro Ranilson visita a Facape e quer parceria sobre cursos do TCE.

O conselheiro Ranilson Ramos fez uma visita protocolar a Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape) com o objetivo de discutir parcerias entre ela e o Tribunal de Contas de Pernambuco. Ele foi recebido na ocasião pelo presidente da autarquia, Rinaldo Remígio e servidores da instituição.

Na ocasião, o conselheiro propôs uma parceria entre os dois órgãos para a oferta de cursos de capacitação através da Escola de Contas Públicas Professor Barreto Guimarães (ECPBG). “Quero colocar meu gabinete à disposição desta instituição, discutindo parcerias para que o Tribunal ajude no exercício do controle interno, assim como das demais autarquias municipais. A Escola de Contas disponibiliza cursos de capacitação e de aperfeiçoamento”, afirmou Ranilson.

Segundo o conselheiro, a ida à Faculdade foi uma forma de retribuir uma visita feita ao TCE, dias antes, pelo professor Rinaldo Remígio. “Aqui também estou para retribuir a visita do professor Remígio ao nosso gabinete, oportunidade em que tratamos de algumas questões que ele nos levou a fim de pedir orientação ao Tribunal. Voltar à Facape, que eu tanto adoro, é uma alegria para mim. Por onde passo, falo do sucesso desta autarquia municipal”, acrescentou.

NOTA DO BLOG

Como o Conselheiro disse que a pareceria poderá se estender as demais autarquias municipais de ensino, seria interessante e importante também que o CESVASF avaliasse a possibilidade de participar igualmente desta pareceria.

Escrito por Tadeu Sá.

imagem

Uma auditoria especial foi realizada para verificar o cumprimento de Compromisso de Ajuste de Conduta, com vistas à realização de concurso público, firmado entre o Tribunal de Contas e a Prefeitura de Exu. A auditoria concluiu que o compromisso foi descumprido por parte do prefeito Welison Jean Moreira Saraiva. O relator do processo foi o conselheiro Dirceu Rodolfo, que teve seu voto aprovado pela unanimidade dos membros da Segunda Câmara do TCE.

O pedido de instauração de auditoria especial se deu por Representação Interna do Ministério Público de Contas (MPCO), o qual verificou que, mesmo tendo firmado, em 2011, compromisso com o TCE, o prefeito realizou contratações temporárias, instituto constitucional de exceção, para suprir as necessidades de pessoal, ao invés de concurso.

Por essa razão, mesmo após analisar a defesa do prefeito, o objeto da auditoria especial (Processo TC n° 1105984-9) foi julgado irregular, sendo aplicada uma multa de R$ 6.000,00 ao prefeito. O gestor terá o prazo de até 15 dias após trânsito em julgado desta decisão para efetuar o pagamento. Após recebimento, o valor deverá ser revertido em favor do Fundo de Aperfeiçoamento Profissional e Reequipamento Técnico do TCE.

A Sessão da Segunda Câmara foi dirigida por sua presidente, conselheira Teresa Duere. O Ministério Público de Contas esteve representado na oportunidade pelo procurador Guido Monteiro.

Escrito por Tadeu Sá.

imagem

O projeto-piloto de uma Ilha do Vinho em Petrolina caminha finalmente para sair do papel. O secretário municipal de Ciência e Tecnologia, Newton Matsumoto, visitou nesta quinta-feira (9) uma área na Ilha do Massangano onde a iniciativa começará a ganhar forma. De acordo com Matsumoto, o projeto tem como objetivo ressaltar o potencial turístico, cultural, gastronômico e econômico da localidade.

O projeto da ilha do vinho nasceu de uma ideia do prefeito Julio Lossio, que tem procurado meios de ampliar a geração de renda dos agricultores familiares da ilha, sem que eles precisem sair de sua comunidade para encontrar emprego na cidade.

Procuramos algo que associasse  viabilidade econômica e o turismo, pois como todos sabem o enoturismo está em ascensão. O Vale do São Francisco tem crescido muito com a uva e o vinho, então pensamos na implantação de uma pequena área de uva na ilha, sem falar que já existe um projeto, para a instalação de uma agroindústria de beneficiamento da uva na Ilha do Massangano, agregando ainda mais valor”, declarou.

O primeiro passo foi dado. Estamos colhendo terra para análise e, com o resultado, partimos para coletar amostras de solo, para começar a fazer as recomendações da área, que servirá como exemplo para outros agricultores”,ressaltou o secretário, acrescentando ainda que, a partir do projeto, o turismo na Ilha será fortalecido.

Agroindústria

A exploração de uma agroindústria de beneficiamento da uva será um incremento financeiro e um incentivo à agricultura familiar, já que esses trabalhadores poderão atuar no sistema agrícola, como produtores rurais. Fortalecidos pelo cooperativismo, irão se organizar e transformar a economia local, que não será apenas proveniente da piscicultura, mas também da produção de frutas, geleias, vinhos e sucos. A implantação da unidade agroindustrial permitirá que todo excedente da fruta seja processado e transformado em produtos, dentro dos padrões de qualidade que o mercado exige para a comercialização dentro e fora do Estado. (Foto: Ascom PMP/divulgação)

NOTA DO BLOG

O Mesmo deveria ser pensando quanto às ilhas de Belém do São Francisco, não somente com relação à uva e ao vinho, mas quem sabe para produção de frutas e produtos hortigranjeiros sem agrotóxico, com produção de leite para fabricar de queijos e doces, além de outras inúmeras ideias que poderiam alavancar a economia, a geração de renda e o número de emprego nestas ilhas.

Escrito por Tadeu Sá.

imagem

Ao todo, 47 pessoas foram presas ontem por prática de aborto no Rio de Janeiro. A ação foi deflagrada pela Corregedoria da Polícia Civil fluminense na manhã desta terça-feira (14). Entre os presos, há três médicos, quatro policiais civis, dois policiais militares e um bombeiro. Cinco pessoas que integrariam o esquema já estavam detidas. A Justiça do Estado concedeu 75 mandados de prisão contra integrantes da quadrilha com atuação na capital e em cidades da região metropolitana do Rio.

As buscas policiais ainda procuram 28 pessoas que fazem parte do esquema, com médicos e um militar do Exército que estão envolvidos. Segundo a corregedoria, a organização criminosa atua há vários anos. Eles praticavam aborto em locais sem condições de higiene e salubridade, com a cobrança de até R$ 7,5 mil pelo procedimento ilegal. Um dos acusados de chefiar o esquema é o médico Aloísio Soares Guimarães, já preso.

Escrito por Tadeu Sá.

 

imagem

Uma mulher de Puyang, na China, foi espancada no meio da rua por outras quatro moças por supostamente ter dormido com o marido de uma das atacantes. Em plena luz do dia, Lin Yao Li foi despida, teve os cabelos puxados e apanhou principalmente na região dos seios, do estômago e da garganta.

A situação foi ignorada pelos transeuntes, que não fizeram o menor esforço para ajudar a mulher durante a sessão de espancamento. “Esse tipo de coisa está se tornando normal. Esposas e namoradas raivosas se vingam dos seus homens adúlteros atacando as outras mulheres e as pessoas não se envolvem”, disse Jun Feng, que testemunhou o acontecido. Lin Yao Li foi levada ao hospital apenas quando as atacantes se deram por satisfeitas e foi tratada dos cortes, contusões e do choque.

Escrito por Tadeu Sá.

Por Tadeu em out - 15 - 2014

DANO MORAL E SUAS CONSEQUÊNCIAS.

imagemO que caracteriza o assédio moral é uma conduta abusiva, seja da parte do superior hierárquico ou de outros, de natureza psicológica, e que atenta contra a dignidade psíquica do trabalhador. Ocorre de forma repetitiva e prolongada no tempo, e expõe o trabalhador a situações humilhantes, constrangedoras, de desestabilização psicológica.

O assédio moral causa dano emocional, exclui a posição do trabalhador, destrói a capacidade de resistência da pessoa ou deteriora o ambiente de trabalho, no exercício de suas atividades profissionais.

Já a bronca, diferentemente do assédio, consiste em um ato isolado no tempo e que, muitas vezes, não tem o intuito de ofender a dignidade psíquica do indivíduo.

A bronca nem sempre irá gerar dano moral, pois pode ela tratar-se apenas de um conflito, que mesmo sendo desagradável e inoportuno, tem o intuito de mudanças, tomada de decisões. O assédio gera insegurança; o conflito, mudança.

São alguns exemplos comuns de assédio moral: as críticas em relação à capacidade profissional; comunicações incorretas ou incompletas quanto à forma de realização do serviço, de forma que a vítima sempre faça o seu serviço de forma incompleta, incorreta ou intempestiva; isolamento da vítima de almoços, confraternizações ou atividades junto aos demais colegas; exposição da vítima ao ridículo perante colegas ou clientes; alegação pelo agressor de que a vítima está paranoica, com mania de perseguição, entre outros.

Assim, para que seja considerado assédio moral há a necessidade da repetição de gestos, palavras e comportamentos, que isoladamente considerados, podem parecer inofensivos.

A agressão moral e pontual, ainda que única, pode atingir a dignidade do indivíduo, ensejando uma indenização por danos morais, mas não se confunde com a prática do assédio moral.

Escrito por Tadeu Sá.

Entre os candidatos a deputado, Novaes foi o mais votado em Belém.

O candidato do PSB ao governo de Pernambuco, Paulo Câmara, foi eleito neste domingo (5) o mais novo governador de Pernambuco ao derrotar com enorme facilidade o candidato do PTB e PT, Armando Monteiro Neto. Com o resultado Paulo Câmara também bateu o ex-presidente Lula e a presidente Dilma, que estiveram no guia eleitoral pedindo votos contra o socialista. Câmara obteve 3.009.087 votos, o que representou 68,08% dos votos válidos, resultando assim na maior votação em termos percentuais do Brasil. Armando Neto recebeu 1.373.125 votos (31,07%).

Na primeira fase da campanha as intenções de votos de Paulo Câmara situavam-se em patamares baixos, cerca de 10% na média, de acordo com diversos institutos de pesquisa. Após a morte do ex-governador Eduardo Campos, Câmara vivenciou um rápido e contínuo crescimento, a ponto de ultrapassar seu principal oponente no início de setembro e, desde então, não mais parou de crescer.

Câmara foi secretário da Fazenda do governo Eduardo Campos, com passagem pelas secretarias de Administração e Turismo, era uma espécie de curinga da gestão e foi escolhido por ser jovem, não ter nada em seu currículo que o desabonasse e o fato de não ser político. Eduardo dizia que os movimentos de julho de 2013 eram a confirmação de que a população almejava renovação não apenas da gestão, mas também dos quadros políticos.

Em comum com Geraldo Júlio, Paulo Câmara é um técnico sem experiência em política, o que levou os adversários de Eduardo Campos a acusarem de tentar maquiar o novo coronelismo, criando um eufemismo para a estratégia e a chamou de nova política, mas acima de tudo, Eduardo formou o próprio time para adiante não correr o risco de ser traído, por isso investira em técnicos.

FBC E PETROLINA

O companheiro de chapa ao senado, Fernando Bezerra Coelho (PSB) foi também escolhido a dedo pelo ex-governador Eduardo Campos por sua origem no São Francisco e atuação no Sertão. Na disputa Fernando Bezerra obteve 2.8855.912 votos, ao passo que João Paulo, ex-prefeito do Recife ficou para trás com 1.438.692 votos.

 Além deste episódio, Fernando que era chamado de “fominha” pelos adversários por ter lançado na disputa eleitoral dois filhos candidatos, conseguiu eleger ambos, um para Câmara Federal e outro para a Assembleia Legislativa do Estado. O resultado impôs uma derrota massacrante ao indefinido prefeito Júlio Lóssio e aos demais parentes da família Coelho que não conseguiram eleger o ex-prefeito Guilherme Coelho para a Câmara alta. Júlio chegou a levar o ex-presidente Lula e Dilma para uma carreata e comício em Petrolina com o objetivo de deter o crescimento dos socialistas no município, mas todos os esforços resultaram em nada.

DEPUTADO FEDERAL

No que diz respeito à eleição para deputado federal em Belém do São Francisco, os mais votados foram: Fernando Filho com 2.889 votos, seguido de Kaio Maniçoba com 1.695, Jorge Corte Real com 1.167, Adalberto Cavalcanti com 985, Mozart Sales com 929, Gonzaga com 877, Creuza Pereira com 364, Ricardo Teobaldo com 314..

Em Floresta para deputado federal o mais votado foi Kaio Maniçoba, com 5.997 votos, seguido de Zeca Cavalcanti com 4.280 votos. Em Itacuruba o mais votado foi também Caio Maniçoba, com 1.205 votos, seguido de Fernando Filho com 1.111 e por fim, Carnaubeira da Penha, cujo deputado federal mais votado foi Sebastião Oliveira com 1.667 votos, seguido de Kaio com 1.528.

DEPUTADO ESTADUAL

No pleito para deputado estadual os mais votados em Belém são: Rodrigo Novaes com 4.302 votos, Augusto Cesar com 2.005, Lucas Ramos com 863, Diogo Cantarelli com 671, Eriberto Medeiro com 621, Dr. João Lopes com 438, José Humberto com 292 e Miguel Coelho, com 190 votos.

Em Floresta o mais votado foi Rodrigo Novaes com 7.038 votos, seguido de Rinaldo Ferraz com 2.487 votos. Em Itacuruba o mais votado foi Diogo Cantarelli com 956 votos, seguido de Silvio Costa Filho com 926 votos, já em Carnaubeira da Penha o mais votado foi Dr. João com 1.677 votos, seguido de Rodrigo Novaes com 1.254.

Escrito por Tadeu Sá.

Desenvolvido por