IMG-20160507-WA0036

Insatisfeitos com a situação das estradas que cortam o município de Belém do São Francisco, diversos pipeiros que abastecem a zona rural, mais precisamente a área de sequeiro, decidiram suspender o fornecimento d’água, e com isso a situação prejudica bastante a comunidade rural do município.

Segundo alguns motorista, a situação das estradas de Belém, é completamente caótica, intransitáveis mesmo, e sem a menor condição de terem acesso as mais diversas propriedades rurais da região. Para alguns, tem local que não tem como o carro pipa passar, ou se tentar, o prejuízo será grande.

A revolta por parte dos motoristas é grande, e muitos alegam, que mesmo pagando ISS, este no valor de R$ 700,00 mensais, mesmo assim falta óleo diesel para colocar nas máquinas que poderiam resolver o problema. Em outros casos, as máquinas sem as periódicas manutenções, quebram, e ficam sem qualquer serventia, no que resulta na situação que acontece.

Para um motorista que se diz prejudicado, a situação é lastimável, pois mesmo o município possuindo duas máquinas moto niveladoras, diversas retro escadeiras e caçambas, que foram doadas pelo governo federal, quando o cidadão precisa, não consegue. O pior é que são máquinas novas que nas mãos de particulares duraria décadas, mas como pertence a prefeitura, não recebem os cuidados que necessitam e sendo assim, a garagem da prefeitura parece mais um amontoado de carcaças, do que de máquinas propriamente dito.

Com o impasse, alguns motorista procuram o prefeito Gustavo Caribé, que prometeu que a partir de terça-feira, dia 10, irá iniciar as recuperações de alguns trechos, sendo que os trabalhos começarão pela estrada que liga Belém ao distrito de Riacho Pequeno.

Categoria: Sem categoria

Desenvolvido por