O MEC – Ministério de Educação e Cultura, através do ministro Aluízio Mercadante, divulgou na semana passada a relação dos cursos superiores que obtiveram resultados insatisfatórios no País e destes 45 estão em Pernambuco, sendo quatro deles em Belém do São Francisco, e isto porque obtiveram Conceito Preliminar de Curso (CPC) 1 ou 2. De um total de 756. Pouco mais da metade, 51,1% (23 cursos) são oferecidos em autarquias municipais localizadas no interior do Estado. Outros 37,7% (17) são ligados a instituições particulares. Os demais 11% (5) estão em universidades públicas federais ou estadual.

No nosso município, os cursos oferecidos pelo CESVASF – Centro de Ensino Superior do Vale do São Francisco obtiveram os seguintes resultados: Matemática (2), Geografia (2), Ciências Biológicas (2), História (2), Física e Letras consta do resultado como unidade com cursos não reconhecidos desde 31\12\2104. No campus Petrolândia, dos dois cursos ali ministrados, matemática obteve 2, sendo que chamou atenção o fato do curso de Letras ter obtido 3, avaliação portanto superior ao mesmo curso que é ministrado no Cesvasf de Belém.

No Estado, o CPC 5, a maior nota (de uma escala de um a cinco), foi observado em apenas quatro cursos, todos da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Três são ofertados na unidade acadêmica de Caruaru, no Agreste (engenharia civil, licenciatura em química e licenciatura em física). No campus Recife o bacharelado em química teve a mesma nota. O conceito 4 foi dado a 40 cursos, em instituições públicas e privadas. Com CPC 3 houve a maior quantidade de cursos, 110.

Na composição do CPC estão três indicadores: média geral dos alunos no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade); corpo docente, tendo como base as informações do Censo da Educação Superior sobre titulação e regime de trabalho dos professores vinculados aos cursos avaliados; e percepção discente sobre as condições do processo formativo. Nesse último item, o Ministério da Educação coleta os dados repassados no questionário do estudante do Enade.

CULPA

Ouvido sobre o assunto, o presidente da Associação das Instituições de Ensino Superior de Pernambuco (Assiespe), Licínio Lustosa, contestou dizendo: “Não existe uma avaliação feita in loco pelo MEC. O ministério se baseia em informações que os estudantes colocam nos questionários do Enade e que são distorcidas. Para fazer uma avaliação completa de infraestrutura e projeto pedagógico os técnicos deveriam visitar as faculdades”.

É muito fácil culpar as autarquias. Pelo menos 90% dos nossos alunos são egressos da escola pública. Já chegam com deficiência no aprendizado. A maioria das faculdades oferece licenciaturas, cursos procurados justamente pelos candidatos com desempenho mais baixo”, destaca Licínio.

No ranking o certo mesmo é que das instituições de ensino de Pernambuco, os cursos do Cesvasf situaram-se entre os piores do Estado, vale lembrar que eles sempre obtiveram desempenhos melhores e sempre estiveram na frente de quase todas as instituições de ensino do interior do estado e todos seus alunos, como ainda hoje, são oriundos de escolas públicas.

Na verdade uma das causas para o que acontece é o baixo estímulo dos professores que recebem muito pouco, salários irrisórios, enquanto uma pequena minoria é bastante valorizada nesta questão, os outros estão entregues à própria sorte. Muita coisa tem que ser feita para diminuir as distorções que existem.

A seguir você verá como as avaliações dos cursos do interior do estado

 MATEMÁTICA:

Universidade Federal de Pernambuco – Caruaru (4), Faculdade de Formação de Professores de Goiana (3), Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco – Pesqueira (3), Faculdades Integradas da Vitória de Santo Antão (3), Centro de Ensino Superior de Arcoverde (3), Universidade de Pernambuco – Nazaré da Mata (3), Faculdade de Formação de Professores da Mata Sul – Palmares (Unidade com curso não reconhecido), Universidade de Pernambuco – Garanhuns (Unidade com cursos não reconhecidos até 31\12\2014), Universidade de Pernambuco – Petrolina (2), Faculdade de Formação de Professores de Serra Talhada (Unidade com curso não reconhecido),  Centro de Ensino Superior do Vale São Francisco – Belém do São Francisco (2), Centro de Ensino Superior do Vale São Francisco – Petrolândia (2),  Faculdade de Formação de Professores de Belo Jardim (2), Faculdade de Ciências Humanas do Sertão Central – Salgueiro (Unidade com cursos não reconhecidos até 31\12\2014), Faculdade de Formação de Professores de Afogados da Ingazeira (Unidade com cursos não reconhecidos até 31\12\2014).

 LETRAS – PORTUGUÊS (Licenciatura):

Universidade de Pernambuco – Garanhuns (3), Universidade de Pernambuco – Petrolina (3), Faculdade de Formação de Professores de Serra Talhada (2), Faculdade de Formação de Professores de Araripina (2)

 = LETRAS – PORTUGUES E INGLÊS (Licenciatura)

Universidade Federal Rural de Pernambuco – Serra Talhada (4), Universidade Federal Rural de Pernambuco – Garanhuns (4), Faculdades Integradas da Vitória de Santo Antão (4), Centro de Ensino Superior do Vale São Francisco – Petrolândia (3), Faculdade de Formação de Professores da Mata Sul – Palmares (3), Universidade de Pernambuco – Nazaré da Mata (3), Faculdade de Formação de Professores de Afogados da Ingazeira (3), Universidade de Pernambuco – Petrolina (2), Centro de Ensino Superior deArcoverde (2), Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Caruaru (2), Faculdade de Formação de Professores de Belo Jardim (2), Faculdade de Ciências Humanas do Sertão Central – Salgueiro (2), , Instituto Superior de Educação de Goiana (Unidade com cursos não reconhecidos até 31\12\2014)

 = LETRAS – PORTUGUÊS E ESPANHOL (Licenciatura):

Faculdade de Formação de Professores de Belo Jardim (2), Faculdade de Filosofia Ciência e Letras de Caruaru (Unidade com cursos não reconhecidos até 31\12\2014), Centro de Ensino Superior do Vale São Francisco – Belém do São Francisco (Unidade com cursos não reconhecidos até 31\12\2014.

 = FÍSICA (Licenciatura):

Universidade Federal de Pernambuco – Caruaru (5), Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano – Petrolina (2), Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano – Salgueiro (Unidade com cursos não reconhecidos até 31\12\2014), Centro de Ensino Superior do Vale do São Francisco – Belém do são Francisco (Unidade com cursos não reconhecidos até 31\12\2014), Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco – Pesqueira (Unidade com cursos não reconhecidos até 31\12\2014)

 = CIÊNCIAS BIOLÓGICAS (Bacharelado):

Universidade Federal Rural de Pernambuco – Serra Talhada (3)

 = CIÊNCIAS BIOLÓGICAS (Licenciatura):

Universidade Federal de Pernambuco – Vitória de Santo Antão (4), Universidade de Pernambuco – Nazaré da Mata (3), Faculdades Integradas de Vitória do Santo Antão (3), Centro de Ensino Superior de Arcoverde (2), Centro de Ensino Superior do Vale São Francisco – Belém do São Francisco (2), Faculdade de Formação de Professores de Belo Jardim (2), Faculdade de Formação de Professores de Araripina (2), Faculdade de Ciências Humanas do Sertão Central – Salgueiro (Unidade com cursos não reconhecidos até 31\12\2014), , Faculdade de Formação de Professores da Mata Sul – Palmares ((Unidade com cursos não reconhecidos até 31\12\2014), Universidade de Pernambuco – Garanhuns (Unidade com cursos não reconhecidos até 31\12\2014), Universidade de Pernambuco – Petrolina (Unidade com cursos não reconhecidos até 31\12\2014), Faculdade de Formação de Professores de Serra Talhada (Unidade com cursos não reconhecidos até 31\12\2014)

 = HISTÓRIA (Licenciatura):

Universidade de Pernambuco – Nazaré da Mata (4), Centro de Ensino Superior de Arcoverde (3), Faculdade de Formação de Professores de Goiana (3), Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Caruaru (3), Universidade de Pernambuco – Garanhuns (3), Universidade de Pernambuco – Petrolina (3), Faculdades Integradas de Vitória do Santo Antão (3), Faculdade de Formação de Professores da Mata Sul – Palmares (2), Faculdade de Formação de Professores de Serra Talhada (2), Centro de Ensino Superior do Vale São Francisco – Belém do São Francisco (2), Faculdade de Formação de Professores de Belo Jardim (2), Faculdade de Formação de Professores de Araripina (2), Faculdade de Ciências Humanas do Sertão Central – Salgueiro (Unidade com cursos não reconhecidos até 31\12\2014), Faculdade de Formação de Afogados da Ingazeira ((Unidade com cursos não reconhecidos até 31\12\2014).

 = GEOGRAFIA (Licenciatura):

Faculdade de Formação de Professores da Mata Sul – Palmares (2), Centro de Ensino Superior de Arcoverde (2), Universidade de Pernambuco – Garanhuns (4), Universidade de Pernambuco – Nazaré da Mata (4), Universidade de Pernambuco – Petrolina (3), Centro de Ensino Superior do Vale São Francisco – Belém do São Francisco (2), Faculdade de Formação de Professores de Belo Jardim (2), Faculdade de Ciências Humanas do Sertão Central – Salgueiro (Unidade com cursos não reconhecidos até 31\12\2014).

Categoria: Sem categoria

Desenvolvido por