No duelo entre os vereadores Joase Campos e Valdir Moreno, o segundo encontra-se em vantagem para ser eleito presidente do legislativo municipal, mas em eleição de Câmara tudo pode acontecer.

Na câmara de Belém do São Francisco, em especial no entorno dos vereadores e funcionários só se fala sobre a futura eleição que em breve vai definir o destino da mesa diretora da casa para o biênio 2019\2020.

Para o embate duas chapas foram lançadas, sendo uma encabeçada pelo vereador Valdir Moreno para Presidente, ao passo que a outra, do lado da situação, é encabeçada pelo vereador Joase Campos. Pelo visto, Joase gostou do cargo e por isso busca a reeleição, já que é o presidente atual.

No caso de Valdir Moreno, fazem parte da sua chapa os vereadores Acácio Eufrásio, Quincas Valdivino e Dorgival Júlio. Já a chapa de Joase é formada pelos vereadores Aurora Guedes, Vandinho Marcula e Aída Nogueira.

Para a eleição o vereador Valdir Moreno parte com grandes possibilidades de se eleger presidente, sendo que seu nome foi lançado para a disputa pelo colega de bancada Vavá do Bode, de modo que improcede as informações de que Vavá estaria insatisfeito com a candidatura de Valdir pois teria sido excluído da chapa e que iria romper, ou seja, Vavá estar sim, apoiando declaradamente Valdir Moreno, até porque o que mais interessa a ele é vingar-se da traição que Joase fez a ele na eleição passada.

Afora os quatros vereadores da chapa e Vavá do Bode, Valdir ainda conta com o voto do vereador Joselito Nogueira, totalizando com isso os seis votos necessários para lhes garantir a vitória. A Chapa de Joase conta com os votos dos quatro da chapa, mais Antônio de Eurípedes, de forma que somente chegará a cinco votos.

TRAIÇÃO:

Há comentários porém de que um dos vereadores da chapa de Valdir ainda pode mudar de lado, tudo fica a depender do arrumado, na base do quem der mais. Se esse vereador mudar ganha Joase, se permanecer na chapa e votar com ela ganha Valdir Moreno. Este é o chamado processo de compra e venda de votos de vereador e isto foi já foi objeto recente de denuncia feita pelo suplente de vereador Rogério Carlos, assunto que foi repercutido neste Blog na data de ­­­­­­­­­­­­04 de maio do corrente ano.

Categoria: Sem categoria

Desenvolvido por